Follow Us

Desde ser expulso do avião até dar socos do treinador da Seleção por não ter sido convocado: confira 4 confusões de Sá Pinto, provável técnico do Vasco

Quanto ao nível tático, Ricardo Sá Pinto é bastante elogiado pela crônica esportiva. Mas não é só pelo sua qualidade como treinador que o profissional é lembrado. Sá Pinto tem um histórico longo de confusões durante sua carreira, tendo já arrumado briga com o treinador da Seleção Portuguesa, com Liedson e até mesmo com um chefe de tripulação do avião.

Com um temperamento bastante intempestivo, o treinador não é de levar desaforo para casa e costuma enfrentar qualquer pessoa que não está de acordo com ele.

Confira algumas situações da carreira de Sá Pinto:

Liedson: Pinto era diretor executivo na época do Sporting e a confusão aconteceu depois de uma vitória de sua equipe, em cima do Mafra, da segunda divisão. Por conta de umas divergências durante o jogo, o atleta e o profissional português trocaram socos no vestiário; na ocasião, Liedson ficou bastante machucado com essa briga.

Foto: GettyImagens


Treinador da Seleção Portuguesa, Arthur Jorge: Em 2013, quando ainda era jogador, Sá Pinto ficou de fora de uma convocação por conta de indisciplinas. Nem um pouco satisfeito por isso, Pinto foi até a concentração de Portugal e deu alguns socos em Arthur. Naquela ocasião, o treinador pegou um gancho de cinco meses sem jogar futebol.

No avião: Quando trabalhava no Braga, em 2019, Sá Pinto estava fazendo uma viagem de avião, quando foi advertido por uma comissária para desligar o celular. O treinador até acatou o pedido, mas ficou irritado e foi contestar a situação com o chefe da tripulação. Por conta disso, acabou expulso daquele avião.

Treinador adversário: Depois de uma vitória em cima do Anderlecht, quando estava no Stantard Liégue, da Bélgica, Sá Pinto se envolveu em uma briga dura com o treinador adversário na entrada dos vestiários.



Postar um comentário

0 Comentários