Follow Us

Campello quebra o gelo, fala sobre a demissão de Ramon e questiona: ''Qual seria o momento de fazer a troca? Quando eu estivesse no Z4?''

O treinador Ramon Menezes foi demitido na última quinta-feira por conta dos resultados negativos e o presidente Alexandre Campello ainda não havia se manifestado sobre o assunto. Nesta sexta-feira, o mandatário resolveu quebrar o gelo e comentar sobre essa situação publicamente, em live realizado pelo canal ''Pop Bola''.

Em um primeiro momento, o cartola explica a escolha pelo ex-jogador, depois da demissão de Abel Braga. ''Ninguém planeja o desligamento de um treinador. Apostamos no Ramon, eu especialmente apostei nele, porque entendo que é um profissional dedicado e estudioso. Acreditei no potencial do Ramon e convidei para ser o auxiliar do Vasco. Foi auxiliar do Valentim, do Abel e do Luxemburgo. Achei que era o momento para assumir. Eram condições propícias apostar em um treinador novo, até porque não teríamos pressão da torcida, por conta da pandemia. Trouxemos o professor Lopes, que já tinha sido treinador dele e achamos que poderia ter um casamento perfeito'', disse.

Foto: Paulo Fernandes

Campello explicou o motivo da demissão e afirmou que o comandante não estava conseguindo fazer o time jogar e o rendimento estava bem abaixo do esperado.

''Começamos bem as primeiras partidas. Mas se fizermos uma análise, contando os dois jogos contra o Botafogo pela Copa do Brasil, disputamos 30 pontos e só conseguimos 9 pontos, 30% de aproveitamento. Aproveitamento de time que está em penúltimo lugar do Brasileirão. Era o momento ou não era o momento? Estava apostando em uns 6 jogos que melhoraria. Tomamos duas goleadas. Qual indicativo que vamos melhorar? Não demos um chute contra o Botafogo em gol. Jogamos 10 partidas com time no inferior da tabela. Qual seria o momento de fazer a troca? Quando eu estivesse no Z4? Quando a vaca fosse para o brejo?'', disse Campello, que afirmou acreditar que Ramon será um ótimo treinador.

''Ramon tem potencial e vai ser um grande treinador. Mas, neste momento, precisava de um posicionamento e cabe ao presidente do clube tomar as atitudes'', encerrou o assunto.


Postar um comentário

0 Comentários