Follow Us

Técnico do Sub-20 fala sobre sintonia com a equipe profissional e estreia no Brasileirão da categoria

A equipe sub-20 do Vasco se prepara para estrear no Campeonato Brasileiro da categoria. A primeira partida será na próxima quarta (23), contra o Cruzeiro, , às 15h, no Estádio das Alterosas. 

Foto: Rafael Ribeiro / Vasco

Comandado pelo técnico Alexandre Grasseli, o time do Vasco está com 100% de aproveitamento no campeonato carioca e lidera o grupo B, com quatro vitórias em quatro jogos. No último sábado, o Vasco venceu o clássico contra o Botafogo por 2x0.

Capitão da equipe, o meia Caio Lopes falou ao site oficial do clube sobre a vitória no clássico e a expectativa pela estreia no Brasileirão sub-20:

- Acho que foi uma vitória maiúscula, em que soubemos administrar a vantagem no primeiro tempo e conseguimos levar até o final. Começamos a treinar há um mês e pouco, estávamos esperando por esses jogos grandes. Sobre o gol, eu estava com saudade de marcar. Ano passado eu fiz bastante, mas esse ano foram só dois no início da Copinha. Esse é o primeiro da temporada depois da pandemia e me deixa muito feliz. Mas sabemos que na quarta-feira a gente já inicia o Brasileiro, também em um jogo grande contra o Cruzeiro - disse o jogador.

Foto: Dikran Júnior/Divulgação

Ao Papo na Colina, Alexandre Grasseli falou sobre a preparação da equipe para a temporada:

- Tem sido semanas muito importantes, onde a gente tem desenvolvido os conteúdos planejados para o desenvolvimento do jogador de forma individual, e com isso a consequência natural é a formação de uma equipe de qualidade também.

Grasseli ainda aproveitou para falar sobre a relação entre a equipe sub-20 com a equipe profissional, comandada por Ramon Menezes:

- Existe uma sintonia, evidentemente, com o trabalho que é realizado no profissional, até mesmo por que é uma função da equipe sub-20, por ser a última equipe do processo de formação de base - disse o técnico.

Sobre a transição dos jogadores para a equipe principal, Grasseli falou:

- É um momento de transição do atleta para o profissional, é [necessário] dar a esse jogador as melhores condições e desenvolvê-lo em suas potencialidades ao máximo para que esse jogador possa servir ao profissional num curto espaço de tempo, da melhor maneira possível, dando garantias e vantagens ao time profissional. - e ainda completou

- A gente tem entendido que toda a comissão técnica do profissional, especialmente o Ramon, tem captado essa nossa missão e tem observado continuamente os jogadores do sub-20 que participam de sessões de treino do profissional. Está havendo um alinhamento de ideias.

Para finalizar, Alexandre Grasseli falou sobre uma das principais funções da sua comissão técnica:

- Nossa função é formar cada vez melhor o jogador, para que ele possa ser destaque, como aconteceu com Talles, Vinícius, Juninho, Bruno Gomes, Miranda, Ulisses, Lucão, entre tantos outros que estão firmes no elenco principal, ajudando o trabalho do Ramon e o Vasco da Gama, de uma forma geral.


Postar um comentário

0 Comentários