Follow Us

Paredão Cruzmaltino: Em São Januário, Vasco tem a melhor defesa isolada do Brasileirão

O Vasco tem uma das melhores defesas atuais do Campeonato Brasileiro, somandos os jogos de mandante e visitante, o clube compartilha as estatísticas com Atlético-MG, Grêmio e Internacional. O time sofreu apenas cinco gols em sete jogos. Mas a história é muito melhor para os vascaínos quando falamos de São Januário.

Foto: Rafael Ribeiro Vasco

Em seu estádio histórico o Vasco levou apenas um gol, em quatro partidas disputadas, e esse gol ainda foi de pênalti, marcado por Reinaldo, no duelo contra o São Paulo, que acabou com vitória do Gigante por 2 a 1. (Fernando Miguel ainda defendeu a primeira cobrança, mas o árbitro acabou mandando a cobrança se repetir).

A média é ótima, menos da metade de um gol por jogo: 0,25. Foram 3 vitórias em 4 jogos, só não vencendo o Grêmio, onde o jogo terminou em 0 a 0.

Uma das lideranças da equipe, Fernando Miguel ainda admite a força de São Januário, mesmo sem seu torcedor que faz o estádio virar um verdadeiro caldeirão. O goleiro ressalta o conforto do time em jogar em casa, conhecendo cada pedaço de grama do campo.

- Conhecemos cada detalhe de São Januário, os aspectos do campo e da iluminação, é onde nos sentimos ainda mais seguros. Nossa equipe tem desenvolvido as ideias do Ramon em qualquer lugar, mas o nosso estádio é um lugar especial. É onde a gente se sente ainda com mais força e confiante para colocar em prática tudo aquilo que tem buscado - resumiu o goleiro, que ainda projetou um crescimento da equipe, ainda que sem o apoio da torcida presencialmente.

- A gente espera continuar crescendo, fazendo bons jogos e conquistando principalmente bons resultados no nosso estádio. Ainda sem torcida. Quem dera se daqui a pouco aparecer uma vacina e, enfim, possamos caminhar juntos com a nossa torcida - finalizou.

Mas não é apenas São Januário de mostra a força da equipe, isto devido aos números dos adversários que atuam contra o Gigante, São Paulo, Grêmio, Athletico e Sport finalizaram mais de 10 vezes em direção à meta vascaína. Contudo, a defesa bem postada dificulta qualquer chance dos rivais alcançarem o gol de Fernando Miguel.

Seja com a dupla titular de Castan-Graça, ou a reserva, de Miranda-Marcelo Alves, que inclusive tem dado conta do recado, o time não apresenta nenhuma queda de rendimento brusca no setor defensivo, o que só tranquiliza o trabalho do goleiro. Se os zagueiros não deixam a bola passar, o goleiro só assiste ao jogo.

Por: Kaio Machado


Postar um comentário

0 Comentários