Follow Us

Jorge Salgado pretende ter um faturamento na casa dos R$ 400 milhões em sua gestão; candidato discorre sobre outros assuntos

O candidato Jorge Salgado concedeu uma entrevista exclusiva ao jornal ''Valor Econômico'' nesta quinta-feira e discorreu sobre diversos assuntos importantes. Dono de uma corretora de investimentos, o presidenciável explicou alguns dos projetos que pretende implementar no Vasco e mostrou como pretende aumentar o faturamento do Gigante da Colina.

Em um trecho desta entrevista, Salgado afirma que o Cruzmaltino vai ter um faturamento na casa dos R$ 400 milhões em sua gestão. Lembrando que o clube gerou R$ 208 milhões, em 2019.

Foto: Repdrodução

''Pelo nosso plano de trabalho, vamos chegar ao fim de três anos equilibrados, com receita e dívida ambas na casa de R$ 400 milhões. Projetamos receitas e despesas com os pés no chão e achamos que podemos ter esse resultado. Aí [o clube entra] em um círculo virtuoso, do ponto de vista de gerar caixa para investir no futebol'', disse o presidenciável, que esclarece como vai conseguir grana a curto prazo para deixar o clube tranquilo o mais rápido possível.

''Pretendo fazer uma captação em mercado. Quero testar o mercado, quero ver qual vai ser a reação do mercado, se o investidor vai ter apetite de risco de comprar um título do Vasco", avalia Salgado, que explana como é o seu pensamento sobre o futebol.

''O mundo do futebol está mudando numa velocidade razoável. Primeiro tem que fortalecer o clube para depois fortalecer o time, não pode inverter essa lógica'', falou.

Por que virar presidente do Vasco?

O presidenciável ainda justifica o motivo de querer virar presidente do Vasco e justifica que é o momento certo da sua vida para ajudar o seu time de coração. ''Assumi a candidatura no Vasco porque estou em momento da minha vida em que tenho disponibilidade de tempo e tenho experiência acumulada muito grande no futebol tanto do ponto de vista do Vasco, quanto da Seleção'', encerrou.


Postar um comentário

0 Comentários