Follow Us

Botafoguense, pai de Catatau admite torcida pelo filho contra seu clube do coração

O torcedor do Botafogo Jorge da Silva foi trabalhar feliz nas ruas do Leblon, bairro da zona sul do Rio de Janeiro, apesar de torcer pelo rival do filho Ygor, no último domingo, seu Jorge apareceu contente pelo gol que seu filho marcou, no clássico entre Botafogo e Vasco. 

Por Kaio Machado 

Foto: Fabiano Rocha / Extra

O jogador fez o terceiro do cruzmaltino, que selou a vitória sobre seu time do coração. Mas nada foi capaz de tirar a alegria de apoiar seu filho realizando um sonho. Em uma entrevista para ''O Globo Online'', Jorge falou sobre o momento.

— Assisti ao jogo em um bar perto de casa, em Cascadura. Comemorei os gols do Botafogo, mas, quando meu filho balançou a rede, não houve felicidade igual. Sou pai, né?! — disse.

Conhecido primeiro pelo seu trabalho como guardador de carros, inclusive com a ajuda de Ygor, seu Jorge hoje conseguiu um outro emprego, ainda trabalhando no bairro, mas agora como entregador. Ele orgulha-se de ser cumprimentado por vários conhecidos como pai do agora jogador do Vasco.

— Trabalho aqui pela área desde 2002, e esse é meu sustento. Todo mundo me conhece. A mim e ao meu filho. Antigamente, ele vinha às sextas-feiras me ajudar a lavar alguns carros e ganhar um troco a mais. Hoje, graças a Deus, ele está fazendo o que mais ama. E é merecedor.

Ygor está emprestado pelo Madureira ao Vasco até o fim do ano, mas suas apresentações vem enchendo os olhos dos torcedores vascaínos, e uma permanência após o empréstimo pode ser possível.


Postar um comentário

0 Comentários