Follow Us

DNA cruzmaltino - Ramon valoriza muito a vitória e afirma que entrega deste time ''é a cara do Vasco''

O Vasco conseguiu sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro, ao bater o São Paulo por 2 a 1, em São Januário, neste domingo. Os dois gols foram marcados por Germán Cano, que foi o grande destaque ofensivo do time nesta tarde. Depois da partida, Ramon Menezes avaliou o confronto e fez questão de valorizar muito os três pontos conquistados, em entrevista virtual para a Vasco TV.

''Acho que a torcida está muito feliz, como todos nós. Sabíamos da dificuldade que seria essa partida. Dediquei essa vitória aos jogadores novamente, ao entendimento de tudo que vem sendo passado, ao espírito, atitude, são marcas registradas desse grupo. Foi mais uma final de campeonato pra gente'', disse o treinador, que elogiou o elenco que está sendo formado no Vasco.

Foto: Reprodução

''Ter opções é muito bom para o treinador. Mais importante que isso é o entendimento. O jogador estar pronto e saber tudo que se passa. Optamos por uma formação com a ausência do Yago Pikachu, colocamos o Cayo Tenório. Mas são características diferentes. Optei por deixar o Benítez pelo lado direito, para abrir espaço na força do Cayo, que foi muito bem no jogo. Temos que ter calma e paciência com todos esses garotos. Eles vão crescer e nos ajudar ao longo do tempo. Jogar contra o São Paulo, um time que tem como característica ficar com a bola, esperávamos ter dificuldades, como foi na primeira etapa, mas optamos, numa situação tática, falo muito do Pec porque ele vem nos ajudando demais. A entrega dele é fantástica. É um jogador que ajuda muito. Coloquei o Bruno Gomes no segundo tempo para jogar com esse tripé no meio, ao lado do Andrey e do Fellipe Bastos, dando uma certa liberdade pro Andrey. É o trabalho. Depois teve a entrada do Neto, que foi bem no jogo aéreo, na parte defensiva. O Miranda ajudou muito'', falou Ramon, que garantiu conhecer cada peça do elenco vascaíno.

''Já estou no Vasco há um bom tempo, então isso joga a meu favor. Conheço bem as características de cada jogador. Quando surgiu a oportunidade de ser o treinador, no meio da pandemia, conversei com cada um. Lógico que fico muito feliz com o desempenho, mas depende muito do atleta e eles estão entendendo muito bem. Hoje nós buscamos o equilíbrio, como no jogo contra o Sport. Tivemos um adversário muito bem treinado, com grandes jogadores e mostramos que temos nossa força, nossa grandeza e os jogadores estão de parabéns'', comentou.

Cara do Vasco

Para o comandante, foi uma vitória com o DNA cruzmaltino. ''É a cara do Vasco: um time equilibrado e que entrega a alma em campo para vencer o jogo. Todo mundo que teve a oportunidade de entrar deu o seu máximo. Conseguimos os dois resultados'', concluiu.


Postar um comentário

0 Comentários