Follow Us

“Outono é sempre igual”, “Pas de Bastos” e mais frases marcantes; conheça o vascaíno que viralizou na internet com os áudios de Whatsapp

Certamente o torcedor do Vasco recebeu nos últimos dias pelo menos um áudio de um vascaíno empolgado com as vitórias do Cruzmaltino. Com frases marcantes e até músicas criadas, o entusiasmado torcedor virou uma das alegrias dos vascaínos após os jogos do Gigante da Colina. 

Por Micael Abbud

 


Entretanto, nem todos que já ouviram o tal vascaíno empolgado sabem quem ele é. Por não se identificar em seus áudios, sua identidade não é revelada e os alguns torcedores ficam com a curiosidade de saber quem é o “cara dos áudios do Vasco”. O Papo na Colina procurou ele e o encontrou na zona oeste do Rio de Janeiro.

Morador de Realengo, o ilustre vascaíno se chama Luiz Alan, tem 35 anos e mostra empolgação e criatividade ao falar de seu time de coração. Espontâneo e sempre animado ao falar do Vasco, já citou até o grupo musical Tchakabum em suas comparações com o time de Ramon Menezes. Ele revelou ao Papo na Colina que as mensagens que estão divertindo os vascaínos surgiram de uma brincadeira entre amigos, e foi um desses amigos que postou nas redes sociais o primeiro áudio que viralizou.

- O primeiro que viralizou assim foi um bagulho muito rápido. Eu postei em um grupo de uns 10 amigos próximos. Daqui a pouco um amigo mandou um print da galera postando em peso o meu áudio. Aí tomou uma proporção absurda, e a galera gostou bastante. – revelou Luiz Alan sobre seu primeiro áudio que se espalhou entre os torcedores.

Só que o que muitos não sabem é que esses não são os primeiros áudios feitos por Alan. Ele contou ao Papo na Colina que já faz esse tipo de brincadeira frequentemente, e que seus amigos sempre o aconselharam a postar nas redes sociais por ser sempre criativo e engraçado. Mas de onde vem essa inspiração para as comparações e até músicas criadas?

- Normalmente eu sou empolgado mesmo, e o Vasco me anima muito. Eu sou muito otimista sempre. A inspiração é o Vasco, eu já fiz muita loucura por causa desse time. Pra você ter uma ideia, já fui até pra final da Copa do Brasil sem ingresso, minha inspiração é esse time. - respondeu o ilustre torcedor.

A repercussão dos áudios chegou ao jogador Fellipe Bastos, que é citado em uma das brincadeiras de Alan. O meia, que foi o foco da brincadeira quando marcou dois gols na partida contra o Sport, enviou um vídeo ao criador dos áudios falando sobre as brincadeiras feitas e desejando até “pas de Bastos” ao vascaíno, que foi um dos responsáveis pela volta da utilização do termo. Luiz Alan falou um pouco sobre como foi a sensação de receber esse vídeo.

- Ele é um maluco que eu gosto muito. Pegam demais no pé dele, mas ele é vascaíno mesmo. Não cabe falar aqui, mas já vi várias paradas dele ajudando as pessoas lá no Vasco. Ele parece ser muito bom de coração. Quando ele me mandou foi muito maneiro, sou fã dele independente de futebol, ele é muito gente fina. – destacou Alan sobre sua relação com Fellipe Bastos.

 

A proporção dos áudios foi além do esperado, e Luiz se mostra animado por estar podendo ser motivo de alegria para os torcedores. Segundo Alan, ainda devemos receber muitos áudios dele, pois o criativo torcedor contou que quer continuar alegrando os dias dos vascaínos. E apesar de sua pouca relação com redes sociais, explicou que está contando com a ajuda de sua mulher e de amigos para postar seus áudios em seu Instagram, onde o torcedor pode encontrar as brincadeiras feitas pelo carioca.

- Eu nunca funcionei muito em redes sociais. Antes dos áudios eu tinha uns 200 seguidores. Do dia pra noite eu to com mais de mil. Então agora um amigo me ajuda com edição de imagem, minha esposa me ajuda com os vídeos... e eu to botando no meu             Instagram @luizalanrj e a galera tem visto bastante. Eu não esperava que fossem gostar tanto e pedir tanto. Isso tá me motivando e eu vou fazendo até quando quiserem que eu pare. Quando acharem que já tá chato, eu paro. – destacou o vascaíno.

Veja a entrevista na íntegra:

Quem é o Luiz Alan?

Sou conhecido por todo mundo como Alan, tenho 35 anos  e trabalho com leilão de veículos, com documentação de carro. Trabalho com isso há uns 16 anos já. Sou nascido e criado na zona oeste do Rio de Janeiro, em Realengo.

De onde surgiu a ideia de gravar áudios falando sobre o Vasco e de onde você tira tanta inspiração?

Na verdade, não foi uma ideia. Eu sempre faço esses áudios, há muito tempo. Faço um resumo dos jogos, sempre voltando do trabalho. Normalmente eu sou empolgado mesmo, e o Vasco me anima muito. Eu sou muito otimista sempre. A inspiração é o Vasco, eu já fiz muita loucura por causa desse time. Pra você ter uma ideia, já fui até pra final da Copa do Brasil sem ingresso, minha inspiração é esse time.

Qual foi o primeiro áudio que viralizou?

O primeiro que viralizou assim foi um bagulho muito rápido. Eu postei em um grupo de uns 10 amigos próximos. Daqui a pouco um amigo mandou um print da galera postando em peso o meu áudio. Aí tomou uma proporção absurda, e a galera gostou bastante. Quem me conhece sabe que eu faço essas peripécias há muito tempo. E já vinham falando para eu fazer coisas desse tipo. Mas eu sou um cara muito tímido, por isso fazer áudio é mais fácil porque eu não apareço, aí é mais fácil. Eu faço sempre, agora que eu tenho externado. E a galera tem gostado.

Depois que os áudios viralizaram, começaram a te pedir pra gravar mais áudios?

A galera tem pedido pra caramba, e eu acho isso sensacional. Lógico que eu não sou ninguém, mas já que a galera gostou eu estou externando e não sei no que vai dar. Mas a galera tem pedido bastante, e eu acho isso maneiro. A galera se sente íntimo e é bem interessante. Eu tenho tentado atender todo mundo. A gente trabalha pra caramba, mas no tempo vago sempre tento fazer os áudios.

Como foi para você receber um vídeo do Fellipe Bastos falando sobre seu áudio?

Ele é um maluco que eu gosto muito. Pegam demais no pé dele, mas ele é vascaíno mesmo. Não cabe falar aqui, mas já vi várias paradas dele ajudando as pessoas lá no Vasco. Ele parece ser muito bom de coração. Quando ele me mandou foi muito maneiro, sou fã dele independente de futebol, ele é muito gente fina.

Você tem vontade de fazer algo junto com a Vasco TV?

Nunca tive pretensão. Muita gente fala que eu tenho um perfil por ser muito criativo. Porque os áudios eu crio na hora, não tem nada pré-estabelecido. A galera fala, mas eu nunca tive essa pretensão, mas se rolar a gente vai lá e tenta fazer da melhor maneira possível e animar essa galera, botar geral pra rir.

Como o pessoal faz para te achar e ouvir seus áudios?

Eu nunca funcionei muito em redes sociais. Antes dos áudios eu tinha uns 200 seguidores. Do dia pra noite eu to com mais de mil. Então agora um amigo me ajuda com edição de imagem, minha esposa me ajuda com os vídeos... e eu to botando no meu instagram @luizalanrj e a galera tem visto bastante. Eu não esperava que fossem gostar tanto e pedir tanto. Isso tá me motivando e eu vou fazendo até quando quiserem que eu pare. Quando acharem que já tá chato, eu paro.


Postar um comentário

0 Comentários