Follow Us

Mussa convoca Assembleia Geral Extraordinária com temas separados e votação eletrônica

Nesta sexta-feira (14), o presidente da Assembléia Geral do Vasco, Faués Mussa, convocou para o dia 25 de agosto a Assembleia Geral Extraordinária (AGE) que irá votar pela aprovação, ou não, da adoção das eleições diretas e da proposta do novo estatuto do clube. A informação e as fotos do documento são do jornalista Bruno Marinho, do jornal O Globo.

Por Lucas Rodrigues

Foto: Paulo Fernandes / Vasco

Os temas serão votados de forma separada. A decisão de Mussa encerra uma longa polêmica entre os grupos políticos vascaínos sobre a forma que os temas seriam votados. Sobre isso Mussa se pronunciou:

— Foi muita pressão, de todos os lados, mas sou representante dos sócios, da torcida. E eles querem apenas a eleição direta. Não sou contra o estatuto novo, o antigo é arcaico. Mas não podemos correr riscos. Eu sou como um síndico de um prédio — explicou.

A realização da assembleia durante a pandemia foi criticada por conselheiros e presidentes de poderes do clube, como Silvio Godoi, do conselho de beneméritos. Mussa então adotou a votação online e afirmou que a empresa que realizará o processo já foi contratada:

— Não tem outra maneira de fazer. Com a pandemia, tem de ser feito assim - explicou Mussa, e ainda completa: — Tem uma empresa contratada, vai ser tudo bem esclarecido.

Na mesma decisão, Mussa ainda informa que vai contratar uma empresa de auditoria externa independente para garantir a lisura do processo.


Postar um comentário

0 Comentários