Follow Us

Opinião - A campanha CT Moacyr Barbosa não pode parar!

No sábado dia 8 de agosto de 2020, o novo CT do Vasco, aquele que foi totalmente financiado através apenas da força da sua torcida, seja por doações do próprio bolso ou por atrair parceiros devido ao seu engajamento e força, teve seu primeiro evento oficial. Muito mais campanha eleitoral de políticos que uma festa somente vascaína, o evento nos trouxe uma notícia ruim: o nome do CT foi decidido internamente, sem a participação de seu mecena, a torcida. Mas isso não significa que é definitivo.

Em 1927, ao inaugurar seu estádio, o maior das Américas, o clube batizou seu templo com seu próprio nome, Estádio Vasco da Gama. Sim, o estádio do Vasco não se chama São Januário. Acredito que muitos torcedores não sabem deste fato, tão esquecido é o nome oficial do nosso templo. O nome popular do estádio veio de uma das principais ruas de acesso, a rua São Januário, que sai do Largo da Cancela, em São Cristóvão, corta o bairro Vasco da Gama e chega, enfim ao estádio.

Foto: Vasco TV

Há alguns meses, a torcida fez campanhas pela internet para dar o nome do CT de Moacyr Barbosa, em homenagem ao ídolo e ex-goleiro vascaíno, que tanto sofreu em vida por quem o culpou sozinho por uma derrota. O barulho feito pela torcida mais uma vez foi tema de programas esportivos e chegou até mesmo à filha adotiva de Baborsa, Tereza, que agradeceu emocionada o amor dos torcedores pelo seu pai de coração. Precisamos manter a campanha, a torcida que deu o nome mais famoso do seu estádio, também pode dar o nome mais conhecido do CT que ela mesma pôs de pé.


Por: Rick de Castro

OBS: Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Papo na Colina. Reflete a opinião do repórter Rick de Castro

Postar um comentário

0 Comentários