Follow Us

Coronavírus: Crivella volta atrás e adia presença de torcida nos estádios

Em coletiva realizada nesta quinta-feira (9), o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou que a liberação de torcidas nos estádios será adiada. De acordo com Crivella, a decisão foi tomada em função da falta de segurança para evitar aglomerações dentro e ao redor dos estádios. O veredito foi tomado em acordo com o conselho científico.


O prefeito da cidade carioca ainda ressaltou problemas que o estado tem tido em ajudar com o fornecimento de policiais militares. Por isso a decisão foi de que devem adiar a volta dos torcedores aos estádios até que toda a questão de segurança seja resolvida com a PM e com a vigilância sanitária.

- Em reunião com o conselho científico, decidimos que não terá torcida nos estádios agora. Não tem condições de manter a segurança fora do estádio, dentro do estádio e nos transportes. O governo do estado tem tido problemas em nos ajudar com a PM. Não vamos abrir correndo o risco de ter enormes aglomerações dentro e fora. A Guarda Municipal e a Vigilância Sanitária não dariam conta – explicou Crivella.

De acordo com o que tinha dito o prefeito do Rio, as partidas que seriam realizadas a partir do dia 10 poderiam ter a presença de público. Porém, com a mudança na flexibilização, ainda não há data para a permissão de torcida nos estádios do Rio de Janeiro.

O Vasco fará sua próxima partida na cidade carioca somente na segunda rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro. A presença de torcedores no jogo segue indefinida.

Por: Micael Abbud

Postar um comentário

0 Comentários