Follow Us

Notícia boa! Justiça nega pedido de penhora dos valores da venda de Marrony

A justiça do Rio de Janeiro negou o pedido de penhora de parte da venda do atacante Marrony ao Atlético-MG. Esse processo é movido pelo escritório Barreira e teve início em 2018. Na última sexta-feira (12), o escritório pediu a penhora de 20% da negociação do jogador. A informação foi publicada inicialmente pelo site Esporte News Mundo e confirmada pelo Papo na Colina.


Na segunda-feira (15), o juiz Rossidelio Lopes da Fonte, da 36ª Vara Cívil, atacou o argumento do Vasco da Gama e manteve suspenso o processo movido pela empresa Barreira de Oliveira Consultoria Jurídica Empresarial, que cobra uma dívida equivalente a R$ 25 milhões.

Sendo assim, o Vasco segue aguardando ainda o valor do depósito a ser feito por um parceiro do Galo, que foi acordado para amenizar a crítica situação financeira do Clube.

Aguarda-se que o atacante Marrony complete os exames médicos para ser anunciado oficialmente no clube mineiro.

Por: Adrielly Ribeiro

Postar um comentário

0 Comentários