Follow Us

Em dia: Vasco quita salários e direitos de imagem de Marrony

Com risco de perder o atacante Marrony na Justiça, o Vasco da Gama colocou o salário do atleta em dia. O Clube depositou mais de R$ 800 mil referente a quatro meses de salários atrasados e nove meses de direitos de imagem.

Apesar do depósito, isso não interfere na negociação com o Atlético-MG, que tem interesse no atacante vascaíno.

Pela legislação, qualquer jogador pode pedir a rescisão unilateral na Justiça com três meses de atraso salarial. A dívida do Vasco com Marrony era de nove meses de direitos de imagem (desde setembro de 2019) e de quatro meses de CLT (desde fevereiro de 2020).



Postar um comentário

0 Comentários