Follow Us

Encontro improvável: Sempre Vasco e Carlos Leite fazem reunião para debater o futuro do Vasco

De um lado, a chapa Sempre Vasco, encabeçada por Julio Brant nas últimas eleições vascaínas, em 2014 e 2017, esta última inclusive, vencida. Do outro, o empresário Carlos Leite, um dos parceiros mais antigos do Vasco da Gama atualmente.

Ambos os lados se encontraram em uma reunião no início do ano, para tratar de aparar as arestas. No encontro estavam presentes também alguns integrantes recorrentes da Sempre Vasco, e ídolos do clube, como o ex-jogador Pedrinho, além de Christiano Campos, principai articulador do grupo. A principal ideia a ser tratada eram o atritos ocorridos em 2017, durante a última eleição.

Sempre Vasco e Carlos Leite fazem reunião para debater o futuro do Vasco

As duas partes concordaram que o melhor era encerrar a inimizade instalada devido a tais atritos, e a Sempre Vasco foi a primeira a se esclarecer, afirmando nunca ter tido problemas diretos com o empresário, representante de muitos atletas no Vasco. Leite, por sua vez, deixou claro não ter concordado com algumas decisões de Brant, durante as últimas eleições, onde o então candidato não teria priorizado contactar o mesmo, afim de trocar de ideias. Além disso, segundo Leite, existiam boatos de que com Julio assumindo o clube, o representante dos atletas seria afastado de São Januário.

Carlos Leite foi comunicado que a chapa entraria em contato com ele novamente para conversar, após a eleição de Brant, se o mesmo fosse eleito, como foi. Entretanto, foi Alexandre Campello, então VP de futebol do Vasco de Brant, que contactou o empresário.

Leite se comprometeu a manter as ajudas dadas ao clube, e o mesmo comprometimento dado acabou por se transformar em um escudo para que Campello desfizesse a aliança feita com Julio Brant, lançando sua própria candidatura à presidência durante reunião no Conselho Deliberativo.

Tal fato claramente não cairia bem na relação estabelecida da chapa com o empresário, o que aumentaria a possibilidade de rusgas entre as partes e dificultaria a retomada de conversas.

Carlos Leite ainda é o principal parceiro no aspecto financeiro do Vasco, sendo intermediário entre credores e o clube, em troca também de vantagens para si. O empresário inclusive é fiador em um empréstimo solicitado pelo clube ao Banco Safra, no valor e R$ 12 milhões, em 2017.

Leite também deu garantias para uma sequência de empréstimos que ajudaram o Vasco a pagar os salários de fevereiro a julho, em 2019, também obtido do mesmo banco.

Agora, o que nos resta é aguardarmos as cenas dos próximos capítulos, uma vez que tanto o empresário, quanto a Sempre Vasco negam terem tido conversas a respeito das próximas eleições. Veremos o que virá a seguir.

Postar um comentário

0 Comentários