Follow Us

Adriano Mendes, ex-VP de Controladoria, confirma que pode ser um dos candidatos, mas faz ressalvas

Uma das pessoas mais citadas na política do Vasco atualmente é Adriano Mendes, ex-vice-presidente de Controladoria do clube. Apesar do Gigante da Colina não ter conseguido resolver os problemas financeiros, o trabalho do profissional do BNDES, à frente do Cruzmaltino, foi muito elogiado nos bastidores de São Januário.

Dessa forma, o nome dele vem ganhando força e tem chance de surgir como um dos presidenciáveis desta eleição. Convidado da live do Papo na Colina, desta segunda-feira, o ex-VP falou sobre essa possibilidade e confirmou que é um dos pré-candidatos do seu grupo (Desenvolve Vasco).


''Em princípio não me vejo com o perfil e não é uma coisa que eu almeja, meu perfil de vida não tem a ver com isso. Sobre ser pré-candidato do meu grupo, eu não disse não, eu sou, existe um grupo que está lutando de uma forma linda para criar uma alternativa para todos nós. Uma forma diferente com discussões, projetos, caminhos, discussões, currículos. Vai ter uma definição prévia de quem estará lá para fazer o que, para tentarmos arrumar de uma forma diferente. Esse grupo tem quatro pré-candidatos - eu, João (Marcos Amorim), Vitor (Roma) e Diego (Carvalho). Tudo vai ser resolvido com o tempo e nesse contexto eu sou pré-candidato, até porque sou um cara de grupo. Nunca foi minha pretensão e nem é, mas como eu sentei na sala do Campello há dois anos e topei algo que eu nunca imaginava que toparia e ajudei de alguma forma, então estou aí. O que eu sei é que serei muito menos feliz na minha vida se o Vasco não voltar a ser o que é'', comentou ele, que revelou qual seria o melhor nome para assumir o Gigante da Colina na sua opinião.

''Eu particularmente não tenho intimidade com o Salgado, estive com ele umas duas vezes, porque é um cara do financeiro e que gostava muito do nosso trabalho. Gostava do que a gente estava fazendo, do nosso plano de reestruturação, acompanhava tudo. É uma pessoa de uma elegância, ninguém pode discutir o que o Salgado já fez pelo clube. Para mim seria o candidato ideal. É um cara que vai aglutinar, além de ter a vida financeira resolvida. Sobre ele não paira nada, torço muito para que ele possa vir. É uma figura fantástica, respeitado por todos, conseguiria fazer uma transição para a modernidade e ainda faria o Vasco voltar para o mercado financeiro. Para mim, é o candidato ideal, bate com nossas convicções. Nosso interesse não é o poder. Se o Vasco tivesse rodando direitinho, minha vida seria muito mais fácil'', comentou.




Postar um comentário

0 Comentários