Follow Us

Ramon e Gallardo têm começos parecidos de trajetória: clubes em má fase e obsessão por estudo

Em sua apresentação como novo técnico do Vasco, o ex-jogador Ramon Menezes afirmou que um dos seus espelhos no mundo da bola é o argentino Marcelo Gallardo, que está fazendo história no River Plate. Por lá, o Hermano venceu praticamente tudo que poderia vencer e segue brigando pelas principais competições do continente.

Para defender o princípio de trabalho, Ramon foi esperto ao escolher Marcelo Gallardo como modelo, tendo em vista que a introdução de sua história como treinador tem alguns traços de semelhança com a do argentino, a começar pelo momento dos times que eles toparam assumir, logo no início da carreira. Assim como o Vasco, o River enfrentava sérios problemas em 2014, quando o técnico assumiu. Sofria, constantemente, com a troca de treinadores. Situação bem parecida com a do Cruzmaltino neste momento.



Vale ressaltar mais um ponto em comum nesse contexto todo: a identificação dos dois comandantes, com os clubes citados. Tanto Gallardo como Ramon tem histórias muito bonitos no River Plate e no Vasco, respectivamente. São as equipes mais importantes na carreira de ambos como jogador.

E, como atletas, exerciam a mesma função dentro de campo. Os dois eram armadores pensantes, autênticos ''camisa 10''. Gostavam de bola parada e eram muito técnicos com a bola no pé. Enxergavam bem os companheiros e tinham facilidade para deixá-los na cara do gol.

Estudiosos

Os dois são enaltecidos por serem obcecados pelo estudo. Ramon já fez o principal curso de treinadores do Brasil, o ''Licença Pró'' e sempre faz questão de falar sobre essa sua compulsão por conhecimentos. ''Eu fiz todos os cursos da CBF nos últimos cinco anos. Eu estudo e respiro futebol 24 horas por dia. Confio muito nisso'', disse o treinador, em sua apresentação oficial, para a Vasco TV.



Gallardo também é dessa forma. Assim que iniciou sua odisseia no River, o que chamou mais atenção foi, justamente, esse vício pelos estudos. Nunca fez questão de esconder o seu encanto pelo futebol bem jogado dos times de Pep Guardiola. Além disso, já nos primeiros treinos, os repórteres comentavam como o técnico era detalhista e obstinado para corrigir e acertar as partes técnicas e táticas do time.

Desfesho

Será que o final dessa história vai ser parecido também? Cenas dos próximos capítulos....





Postar um comentário

0 Comentários