Follow Us

Contrato de Vasco com a Kappa envolve matriz

Em entrevista publicada pelo site Globo Esporte, o diretor de patrocínios esportivos da Kappa Brasil, André Giglio, deu mais detalhes sobre o contrato entre o clube e a empresa italiana, ainda que não tenha sido da forma transparente e aberta que a torcida deseja.

Segundo Giglio, o processo de desenvolvimento das peças que serão lançadas envolveu clube, Kappa Brasil e matriz, portanto fazendo com que fosse mais demorado, mas já está concluído e os materiais já estão em produção há algum tempo. Esse processo foi, em parte, atrasado pelo caos gerado pelo corona vírus já que parte da produção é importada e atrasa um pouco a chegada dos produtos ao Brasil. Nas palavras do próprio diretor, a coleção é muito extensa, algo que é diferente do que acontece com o Botafogo, por exemplo, em que há relatos da comissão técnica usando uma calça comum da Kappa em que apenas costuraram o escudo do clube.

A empresa se programa para a entrega de produtos novos a cada mês e, como ainda não há previsão de lançamento por conta também do coronavírus, a empresa terá bastante tempo para produzir mais e não sofrer de falta de estoque em loja, algo que torcedores do Vasco espalhados pelo Brasil reclamam há anos.

Por fim, Giglio não respondeu ao repórter se o contrato prevê pagamento de um valor fixo, dizendo apenas que quanto melhor a performance, melhor a remuneração, num modelo de negócio novo, que não envolve apenas venda como também gestão de negócio, em um modelo de parceria. Esse ponto é preciso esperar para ver como acontece na prática, mas o patrocínio parece ser bastante diferente do que o clube viveu nos últimos anos.

A empresa demonstra estar em crescimento e está lançando seus dados e apostando no Vasco para catalisar esse ressurgimento no cenário mundial.


Por: Rick de Castro

Postar um comentário

0 Comentários